segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Sonhadores

Lendo os meus Feeds da semana vi uma atualização de uma grande amiga, com uma postagem sobre os sonhadores (que pode ser lida na integra aqui), eu não gosto de citar outros autores, porque nesse blog eu decidi que seria autoral até o final, mas é impossivel não citar um trecho da postagem dela aqui:

"...
Tenho medo. O mundo não está preparado para os sonhadores... Sonhadores criam blog's, escrevem sem haver destinatário, sonham sem precisar dormir. Sonhadores vêem beleza onde não há, vêem diferente o que todos os outros vêem igual. Não têm medo de sonhar, mas temem por onde o mundo possa chegar. Sonhadores usam reticências, sonhadores são cautelosos, são audaciosos, são implícitos e explícitos, mas corajosos. Sonhadores arriscam. Sonhadores morrem todos os dias, às vezes, sem terem sido conhecidos. Sonhadores carregam em si um universo paralelo, rico, extenso, único, misterioso. Não-sonhadores nunca os entendem, e quando tentam fazê-lo, o fazem errado.
Sonhadores estão sempre a sonhar... Em qualquer hora, qualquer lugar.

..."

Sou assim, um eterno sonhador, mesmo que o mundo dê mais valor à quem realiza, à quem produz eu nunca quero deixar de ser um sonhador. Nunca quero deixar os sonhos morrerem em mim! Sonhadores, como diz o trecho ali em cima, morrem todos os dias, pessoas que realizam também. Porém os sonhadores tem o incrivel dom de renascer, refazer os sonhos, se erguer novamente e seguir sonhando. Claro, nem só de sonhos se vale o mundo... mas os sonhos são o combustivel para aquelas horas, de quando se está no meio da realização e vem a fatidica pergunta "será?", são os sonhos que nos dão energia e força para que não desistamos de seguir nesse caminho, sempre em frente!

3 comentários:

Jéssica disse...

Que honra!

~ Lu ~ disse...

a honra é toda minha!

Bєℓℓ disse...

"Sou assim, um eterno sonhador, mesmo que o mundo dê mais valor à quem realiza, à quem produz eu nunca quero deixar de ser" Nunca quero deixar de ser(mos). Como diz uma frase que agora foge-me da memória o autor. "Você é do tamanho dos seus sonhos"