segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

2012 - Os Planos

Então estamos em 2012. Já devia ter escrito isso antes, mas igual ao ano passado, deixei pra escrever lá no meio de janeiro pra ter uma certeza mais certa do que eu realmente planejo pra esse ano!

Pois bem, como já fiz o balanço do ano que passou, vou me ater só ao que eu realmente quero em 2012. Na verdade eu não pensei, não fiz plano nenhum, tem coisas que eu quero nesse ano que eu quero realizar, desde que não envolva arriscar (muito) minha vida, claro! Sobreviver é importante apesar dos pesares. Renovo os votos de viajar. Quero viajar, amar, sentir, pulsar, viver, poder me perder e depois, sem muita explicação poder me reencontrar e perguntar à mim mesmo "e aí, como foi o passeio?". Tirando isso, mais algumas coisas que quero:

- Viajar: sei que já disse, mas é pra fixar na lista.
- Sentir: sentir não só sentimentos, mas sensações.
- Arriscar: desde que não arrisque (muito) minha pele.
- Realizar: talvez seja o mais dificil de tudo.

Fora isso eu tenho mais desejos, sonhos, coisas que quero realizar nesse ano, mas não vou ficar escrevendo aqui agora. Enfim, era isso! Não vou desejar feliz 2012 pra todos os leitores, pois é como vi numa tirinha no album do facebook da Cy, sei que é impossivel ficar feliz todos os 366 (ano bissexto), por isso desejo que todos nós sobrevivamos até o fim dele!

3 comentários:

Anônimo disse...

É sempre um prazer ler o que você escreve ...
Beijos.
Dark M.

Camila F. disse...

para voo de ave: avidez ( eu me cito pq não sei o que comentar, rs)

:-))

e na verdade são mais quereres do que planos né, lu. mas pelo menos já é um primeiro passo.

beijo.

Anônimo disse...

Assim como para colher é preciso plantar, seus quereres precisam de uma concretude, algo como pilares, ou base ou algo assim. Tu precisas começar a caminhar com tuas próprias pernas, não é mais possivel viver de carona, se premitindo viver de projetos alheios.Seu tempo é agora voe, mas não esquerça que o solo é importante para o pouso e decolagem.